6 tecnologias para condomínio que você precisa conhecer

Nas mais diversas áreas do cotidiano, as inovações tecnológicas estão disponíveis para nos ajudar, automatizando tarefas e agilizando atividades. Nesse cenário, todas essas transformações trouxeram grandes vantagens para os condomínios.

De fato, além de facilitar a vida de moradores, funcionários e síndicos, a tecnologia é uma aliada valiosa para controle de finanças, segurança, comodidade e a administração condominial em geral.

A seguir, vamos apresentar 6 tecnologias para condomínio que estão revolucionando a gestão dessas propriedades e a vida dos condôminos. Acompanhe!

1. Acesso eletrônico

Os acessos eletrônicos são uma das tecnologias para condomínio mais implementadas pelos gestores. O sistema é um conjunto de inovações tecnológicas de áudio, vídeo e sensores. Esses equipamentos são instalados no prédio e são capazes de monitorar as movimentações da portaria de forma remota.

O acesso eletrônico oferece diversas vantagens para os moradores. A primeira é a redução dos custos, pois em geral a tecnologia requer apenas investimento de instalação e uma pequena mensalidade pelo serviço. Além disso, há mais agilidade na resposta de casos críticos, como emergências médicas e policiais.

Cadastro de dados de moradores e visitantes, catalogação de placas de carro dos condôminos, monitoramento de ações suspeitas nas redondezas… os benefícios do acesso eletrônico são variados.

Nisso, ainda há o fator surpresa, pois as instalações são discretas e quem vê de fora acha que há apenas um interfone, e não um sistema inteligente de portaria automatizada.

2. Interfone virtual

Há casos em que a única tecnologia que o condomínio precisa para controlar acessos é o interfone, mas até mesmo para isso há uma inovação. Os interfones virtuais funcionam por meio de um aplicativo nos smartphones dos moradores. Na versão de gestor do prédio, é possível adicionar os telefones que têm acesso às funções de residentes no app.

Por sua vez, os moradores conseguem acrescentar números que podem entrar em contato com a portaria rapidamente, caso haja uma. A grande novidade é para quem vai visitar o condomínio: basta apertar o número do apartamento ou da casa que o equipamento fará uma chamada para o telefone do morador.

Isso é possível porque o interfone está conectado a uma central PABX, que pode funcionar com linhas VoIP ou tradicionais de telefonia. Assim, mesmo que não estejam em casa, os condôminos conseguem responder ativamente às ações que ocorrem no portão do prédio.

Além da comodidade de atender a chamada para o recebimento de uma encomenda e passar instruções de entrega em outro lugar, por exemplo, o interfone virtual colabora para a segurança dos moradores e funcionários do condomínio.

Vale lembrar, ainda, que qualquer ligação suspeita para os residentes pode ser rapidamente identificada, permitindo acionar as autoridades ou a segurança local.

3. Gestão digital do condomínio

Quando falamos de tecnologias para condomínios, talvez esta seja a mais indispensável: um software que atue na gestão integrada do prédio. Há produtos do mercado que se adaptam facilmente a qualquer tamanho de condomínio, tornando-se aliados valiosos para as administradoras: dessa maneira, é possível gerir e cuidar de vários clientes com eficiência.

Os síndicos e condomínios autogestão também se beneficiam bastante das funções desse tipo de sistema, pois conseguem agilizar importantes etapas de controle de contas e aumentar sua produtividade.

Dentre outros recursos importantes, os ERPs permitem controlar a inadimplência, criar relatórios variados e ter mais transparência com os gastos do condomínio (a prestação de contas, inclusive, ganha muito em otimização).

Além disso, os produtos permitem enviar cobranças e boletos de maneira automatizada, assim como consultar o histórico de pagamento (e outros dados) dos residentes.

A integração com outros sistemas também facilita o trabalho, agilizando etapas e reunindo em um só lugar as funcionalidades necessárias. Com a gestão digital do condomínio, é possível tomar melhores decisões estratégicas e fazer o acompanhamento em tempo integral das rotinas administrativas.

Saiba mais sobre o Condomínio21, o sistema condominial mais completo do mercado!

4. Sistemas de geração de energia

O sistema de geração de energia é uma das tecnologias que trazem mais comodidade para o condomínio. Com ele, assim que houver interrupção do fornecimento de energia, automaticamente é acionado um gerador reserva nas dependências do prédio. Dessa forma, nenhum morador fica comprometido com os blackouts e os colaboradores também não precisam interromper seu trabalho.

No entanto, é preciso ter cuidado com as políticas de uso de acordo com a capacidade do gerador. Primeiramente, é preciso escolher o mais adequado para as necessidades do condomínio. Depois, pense em combinar boas práticas de uso com os moradores: dessa forma, ninguém fica sem energia durante emergências, e consegue-se garantir por mais tempo o fornecimento de luz.

O gerenciamento do equipamento é feito por um software de computador, por meio do qual os gestores de condomínio podem visualizar informações importantes, como:

  • capacidade em uso;
  • desempenho e funcionamento do equipamento;
  • residentes utilizando e quantidade de consumo;
  • informações técnicas.

5. Inteligência Artificial e Comunicação Automatizada

Chega de ruídos na comunicação do condomínio! Hoje, os gestores podem contar com sistemas especializados em uma comunicação mais ágil e eficaz, garantindo a efetividade na entrega de comunicados e no atendimento.

De fato, os últimos anos trouxeram grandes inovações para otimizar as interações entre a gestão, condôminos e clientes. Um grande exemplo é a solução COM21. Pioneira nos recursos Ligação Inteligente e Inteligência Artificial, ela inaugurou funcionalidades surpreendentes para trazer os condomínios para a era digital.

Única no segmento, a Ligação Inteligente permite transformar mensagens de texto em ligações automáticas para os condôminos, com transmissão da mensagem via áudio. Dessa forma, os gestores potencializam a eficácia da entrega dos comunicados, poupando tempo e esforços para manter os moradores bem informados.

O COM21 também é a primeira ferramenta de atendimento em condomínios a contar com inteligência artificial. Através de um chat inteligente que “aprende” com as respostas dos usuários, o recurso automatiza a solução de demandas simples como emissão de boletos e reserva de áreas comuns do prédio, poupando tempo, esforços e custos com mão de obra.

Vale acrescentar que a funcionalidade conta com uma vantagem típica do meio digital: a oferta de atendimento 24h, 7 dias por semana.

6. Garagens suspensas

Já ouviu falar sobre garagens suspensas? Essas inovações vieram para revolucionar os estacionamentos, mais do que os duplicadores de vaga fizeram. Trata-se de uma tecnologia de ponta para os condomínios, sendo uma novidade de um edifício desenhado pela própria Porsche. O Porsche Design Tower Frankfurt contará com um elevador de carros que eleva o veículo até a altura do apartamento.

Imagine o cenário: ao lado da sua sala, há uma parede inteira de vidro, por onde é possível ver seu carro estacionado. É exatamente isso que essa tecnologia para condomínio oferece. Basta estacionar o carro dentro da área indicada, ainda no térreo do estacionamento compartilhado. Depois desse ponto, as engrenagens se movimentam e levam o veículo para dentro do elevador.

Com esse mecanismo, o sistema direciona até dois carros por apartamento diretamente para a garagem suspensa. O fosso do elevador veicular é no centro do prédio, permitindo que mais de um veículo seja transportado por vez — o que gera mais dinamismo e agilidade ao sistema, além de diminuir os conflitos por vagas.

Se você quer deixar sua gestão de condomínios mais profissional, cobrindo todos os detalhes necessários e prestando um suporte eficiente para os moradores, estamos prontos para ajudar você.

Entre em contato conosco e vamos conversar sobre as suas demandas!

× Como posso te ajudar?
conselho fiscal condomíniofluxo-de-caixa-da-imobiliaria-2