Marketing Imobiliário: seu guia para o sucesso

É claro que oferecer serviços de excelência e contar com uma equipe empenhada de corretores são ações que fazem a diferença para a popularidade da imobiliária.

Mas o mercado atual deixa bem claro: a concorrência é acirrada e se destaca quem, dentre outros esforços, investe em estratégias eficientes de marketing imobiliário.

Vale lembrar que a internet mudou radicalmente nossa forma de pesquisar, consumir e adquirir produtos e serviços e no segmento de imóveis não seria diferente. Será que sua imobiliária está marcando presença onde deveria?

A seguir, reunimos tudo o que você precisa saber para ter sucesso nessa empreitada. Confira nosso guia e impulsione seu negócio!

Como podemos definir “marketing imobiliário”?

Não tem mistério: quando falamos de marketing, estamos falando de um conjunto de estratégias que visam gerar visibilidade para uma marca, produto ou serviço.

A ideia, aqui, é despertar a atenção do público e levá-lo a fazer uma decisão de compra (mesmo que não imediatamente).

O marketing imobiliário nada mais é do que o conceito acima aplicado ao contexto do segmento imobiliário. Afinal de contas, foi-se o tempo em que entrar em contato com o corretor de imóveis era o único modo de ter acesso e conhecer os imóveis desejados.

Hoje, o que vivenciamos é a realidade de usuários muito mais independentes, que começam a pesquisar e avaliar por iniciativa própria na internet.

Diante desse novo cenário, quais são as ações para ter os melhores resultados?

É o que abordaremos a seguir.

Marketing Imobiliário: Guia de Melhores Práticas

1. Site imobiliário focado em conversão

marketing-imobiliario-3

Nem precisamos destacar a importância de manter um bom site – nos dias de hoje, isso é praticamente obrigatório para qualquer negócio!

Como vimos, as transformações recentes no comportamento do consumidor revelam a força da internet como mídia-chave na jornada de compra.

Em meio à tanta competitividade, é preciso muito mais do que ter um site imobiliário: é preciso ter um site com alto poder de conversão, ou seja, que aumente as chances de contato entre usuários e a empresa/imobiliária.

Em outras palavras, o site deve ser organizado de maneira a incentivar o visitante a deixar seus dados de contato, transformando-o em lead (possível cliente) e então finalmente em cliente.

Navegação intuitiva e simples, informações claras/precisas e adaptabilidade a diferentes telas são requisitos importantes para estimular conversões, além do uso de chamadas atrativas que captem a atenção do usuário.  

Leia Mais: Site para imobiliária: melhores práticas para ter sucesso

2. Tire proveito da tecnologia da geolocalização

Com certeza essa é uma das principais armas das imobiliárias quando o assunto é anunciar!

Vale lembrar que a geolocalização é uma tecnologia que permite identificar, com precisão, o local onde se encontra um dispositivo (como um smartphone ou um computador).

Embora pareça complicado, o processo é simples: tanto o GPS do celular quanto roteadores de internet são capazes de enviar dados sobre sua localização (através de sinais de satélite e número de acesso do modem).

Ao captar a localização dos usuários pelo site ou aplicativo, por exemplo, a imobiliária é capaz de anunciar para eles os imóveis que mais se encaixam no perfil e na região dessas pessoas, aumentando as chances de fechar mais negócios.

Vantagens para corretores

Além dessa segmentação inteligente para possíveis clientes, vale lembrar que a tecnologia também beneficia os corretores. O uso de Google Maps durante a jornada de trabalho, por exemplo, possibilita que esses profissionais fiquem atentos aos imóveis localizados nas redondezas.

Outra possibilidade interessante do app do Google é utilizá-lo para mapear os imóveis com os quais o corretor trabalha, compartilhando-o com clientes.

3. Produza conteúdo para firmar a imobiliária como referência

Se a internet deu autonomia para os usuários, permitindo que busquem os serviços e produtos de seu interesse (sem a intermediação direta das empresas), a web também é fonte da solução de muitas dúvidas.

Assim, se é interessante que seu site imobiliário esteja nos resultados do Google quando as pessoas buscarem esse serviço na sua região, também é importante que você alimente o espaço com informações para esclarecer dúvidas comuns.

Que tal começar respondendo dúvidas frequentes de quem deseja alugar ou comprar um imóvel? Para tanto, tenha um espaço para blog no site e produza conteúdo relevante com frequência para ser encontrado com mais facilidade no Google e se estabelecer como autoridade no assunto.

Observação: para divulgar este conteúdo, aposte nas redes sociais!

4. O site é muito mais do que um portfólio de imóveis: conquiste cadastros

Como vimos, um bom site é aquele voltado para a conversão ou captação de dados dos usuários que por ele navegarem. Vinda da abordagem de Inbound Marketing, essa forma de captar contatos permite que eles sejam trabalhados mais tarde, buscando transformá-los em clientes.

Lembre-se: o site imobiliário não é apenas uma vitrine passiva para expor imóveis, mas um mecanismo para registrar cadastros de possíveis clientes.

Nesse sentido, há maneiras simples e baratas de captar esses contatos:

  • Elabore landing pages, que são páginas especiais com formulários, e as disponibilize no site. O usuário interessado em um determinado imóvel ou oferta pode deixar seus dados;

 

  • Crie chamadas e banners que fiquem expostos no site e que, ao ser clicados, direcionem para as páginas especiais ou landing pages mencionadas acima;

 

  • Seguindo a linha da produção de conteúdo que falamos acima, crie materiais educativos que informem seus clientes sobre o mercado imobiliário e solicite que os usuários deixem seus dados em troca do acesso ao conteúdo.

5. Aposte no e-mail marketing

marketing-imobiliario-2

Não, o e-mail não morreu, e os bons resultados em vendas comprovam essa afirmação. O recurso, afinal de contas, pode ser acessado com facilidade e de qualquer dispositivo.

Para ter sucesso, aposte em campanhas baseadas em ofertas e nos imóveis da sua carteira, destacando suas características e caprichando nas fotos e detalhes. Considere, é claro, o perfil dos clientes no momento do disparo.

Dica valiosa: não caia na cilada de comprar listas de e-mails! Conquistar e-mails através do site imobiliário e de contatos (como vimos no tópico acima) é de fato um processo mais lento, mas uma estratégia de e-mail marketing com 150 e-mails realmente conquistados será muito mais eficiente do que uma mensagem disparada para 1000 e-mails comprados.

6. Invista na agilidade (e qualidade) do atendimento

É comum que as imobiliárias negligenciem esse aspecto, e que os corretores retornem as solicitações de contato após dias. Sua imobiliária está preparada para atender o cliente no momento em que ele espera e deseja (ou seja, o quanto antes)?

Uma maneira efetiva de estabelecer esse diferencial é apostando em chatbots no site (programas computadorizados que simulam a conversa humana em chats).

Ao automatizar esses contatos mais simples, é possível ganhar tempo e responder às perguntas dos clientes sem demora, com menos custos e de forma personalizada (o que é possibilitado pela tecnologia).  

7. Capte a opinião dos clientes que não fecharam negócio

Ao contrário do que se pode pensar, as tentativas falhas de fechar negócios podem render informações importantes para sua imobiliária – e é interessante captar essas opiniões para rever estratégias e traçar melhorias.

Vale lembrar, ainda, que grande parte desses contatos ainda não comprou ou alugou seu imóvel, e sua imobiliária ainda pode ajudá-los. Na pesquisa, pergunte se o contato já fechou algum contrato, qual tipo de imóvel procura, até quando ele precisa definir um imóvel e por que motivo ele decidiu não ter finalizado a transação com você.

Leia Mais: Gestão Imobiliária: os 7 erros mais comuns e como resolvê-los

Com a acirrada concorrência da área, pode parecer difícil se destacar em termos de divulgação e diferenciais de marketing. Ao colocar as dicas em ação, no entanto, é possível gerar excelentes resultados a custos baixos.

Esperamos que tenha gostado das dicas para alavancar seu marketing imobiliário. Sucesso e até a próxima!

recebimento-de-encomendas