5 dicas para melhorar o controle das finanças de condomínio

Gerir as finanças de condomínio é uma tarefa que requer planejamento, controle constante e quando não é executada de maneira correta acarreta em problemas na eficiência, podendo comprometer a sobrevivência do negócio em curto e médio prazo.

Vários gestores só percebem o problema quando a situação já está no vermelho e acabam tendo um trabalho enorme para estabilizar as contas.

Neste post trazemos 5 dicas que ajudarão na gestão das finanças do condomínio.

Siga a previsão orçamentária definida

Elaborar a previsão orçamentária do condomínio é uma tarefa que, apesar de tomar tempo, só traz benefícios para o processo de gestão. Porém no decorrer do ano ela pode acabar sendo deixada de lado por alguns gestores.

Um dos motivos que levam as administradoras a perder o controle das contas é esquecer do planejamento feito e gastar mais do que o previsto.

Isso pode acontecer tanto pela falta da organização das informações quanto pela negligência do gestor.

Mantenha um controle dos gastos do condomínio

É importante executar as tarefas necessárias para o bom funcionamento do condomínio e manter a excelência dos serviços prestados, mas os gastos não podem ser descontrolados ou o condomínio corre o risco de ficar sem dinheiro.

Os gastos devem ser controlados de forma organizada, transparente e de acordo com o planejamento.

Esse controle costuma ser feito através de planilhas, mas para otimizar o tempo gasto com essa tarefa é recomendado o uso de um software de gestão de condomínios.

Organize os documentos do condomínio

Organização é essencial. Quando falamos de gestão financeira, a prática de manter documentos organizados é indispensável e pode prevenir que as contas fiquem negativas.

O fluxo de utilização de documentos na administração de um condomínio é alto, por isso é importante que você possua um sistema que mantenha todos os arquivos organizados e garanta o acesso aos dados de forma rápida e segura.

Fique atento à inadimplência

Em tempos de instabilidade econômica no país, os índices de inadimplência naturalmente aumentam.

Isso causa um impacto negativo no controle financeiro e é necessário ficar atento, buscando maneiras de driblar a inadimplência.

Faça uma análise do quanto os valores devidos ao condomínio estão impactando no fechamento das contas e trace um plano para recuperar esses valores.

Integre os processos com um software

O processo de organizar as finanças do condomínio requer o cumprimento de várias etapas e englobam vários setores. Perder o fluxo do processo acarreta em mais dor de cabeça e tempo perdido.

Hoje existem softwares especializados para a gestão de condomínios e propriedades que auxiliam o gestor tanto no momento de equilibrar as finanças quanto na rotina de administração diária.

Conclusão

Mantenha as suas informações sempre organizadas, faça o seu planejamento financeiro e sempre monitore a saúde financeira do condomínio.

Se você gostou desse post recomendo que leia também 4 dicas de produtividade para gestão de condomínios , para aumentar a eficiência da sua gestão.

× Como posso te ajudar?
rotina otimizada administracao imobiliariaferramentas gratuitas gestores imobiliarios